conto erotico gay
Contos Eroticos Gay

Como eu fui enrabado e arrombado pela primeira vez

Sou o Filipe, tenho 18 anos 1,72 , 90k, moreno. Eu já estava á muito tempo pra escrever aqui mas como não tinha historia nenhuma não achava jeito inventar.
Bom eu nunca tinha dado o cu, sempre tive vontade mas eu combinava sempre com alguém(tudo conhecidos em chats e assim) e eu acabava por me acovardar ou as pessoas acabavam por desistir porque eu não mostrava a cara. Há um ano atrás, tinha de 17 anos, resolvi entrar num chat gay pra marcar alguma coisa, não sei o que se passou mas deu me uma coragem enorme nesse dia, combinei com um homem, e como a gente não tinha sitio fomos pro meio do mato, o homem tirou as calças e mandou chupar mas eu queria era levar no cu pois tava me a dar vontade de vomitar, pois a pila era pequena e como ele era um bocado gordo tinha aquela gordura que os homens com um bocado de peso costumam ter na base do penis e tava depilado( eu não me faz diferença os pelos mas homens que tenham essa gordura não gosto depilados, é por isso que não depilo o pênis hahaha) ele perguntou se eu queria levar no cu e eu disse que sim mas quando saimos do carro, começou se a ouvir barulhos de carros e ele começou a ficar nervoso e disse pra gente combinar noutro dia á noite. Isto foi no verao de 2017.
Este ano acabei a escola e arranjei um emprego pro verão pra ganhar algum dinheiro pra faculdade e no trabalho não faço nada quando está de chuva ou mau tempo, pois é numa piscina, então eu passava o dia todo em vários sites de encontros. Eu comecei a trabalhar no domigo e combinei com um homem de 40 anos mais ou menos pra quarta à noite, pois quinta tava de folga, combinamos tudo e eu disse pra onde ele ir ter, jantei e eu com medo de acontecer alguma coisa quase que desisti mas como era uma coisa que queria experimentar muito decidi ganhar coragem e ir. Esperei receber o mail dele, também não dou nr de telemóvel porque tenho medo que alguém descubra que sou gay. Ele disse que tinha chegado e eu disse lhe pra ir um bocado pra frente pra ninguem nos ver. Entrei no carro e ele perguntou me pra onde a gente ia pois iamos fuder no mato, encontramos um sitio escondido e ele saiu do carro tirou as calças e cuecas e disse chupa. Eu de joelhos comecei a chupa lo e ele comandava a minha cabeça, desta vez já gostei mais mas não é algo que eu adore fazer pois de vez em quando dava me vontade de vomitar mas por outro lado dava me tesão tar a chupar um pau, passado uns 10 min ele diz me pra levantar e tirar as calças. Eu obedeci e ele inclinou me pra cima do capô do carro, meteu a camisa e passou lubrificante no meu buraco e no pau. Tava a espera quando eu sinto ele posicionar a cabeça do pau na porta do meu cu e mete tudo de uma vez. Doeu mas também me deu uma tesão do caralho e começou a bombar. Enquanto me fodia perguntava se queria com mais força ou mais devagar e a unica coisa que fazia pra além de gemer era dizer ” Fode me com aos força toda”. Passado uns 10min ele dá me uma com força e vem-se e dá me um pano pra me limpar. Depois deixou me onde nos encontramos e eu assim dei lhe o meu numero caso ele quisesse fuder me outra vez.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *